Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Sistema pode auxiliar municípios no enfrentamento das enchentes

Sistema pode auxiliar municípios no enfrentamento das enchentes

Tecnologia monitora rios e aponta soluções para segurança da população

 

 

São Carlos, interior de São Paulo, onde está localizado o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), viveu, nesta semana, uma das piores enchentes dos últimos anos. As imagens mostram o problema em tempo real por intermédio de sensores e câmeras instalados em dois dos pontos mais críticos e que fazem parte de um sistema de monitoramento baseado em Intenet das Coisas.

Liderada pelo professor Jó Ueyama, do Instituto de Ciências Matemáticas e da Computação (ICMC- USP), com colaboração dos professores João Porto de Albuquerque (Universidade de Warwick), Mario Eduardo Mendiondo (EESC/ICMC) e dos alunos Sidgley Camargo de Andrade (Doutorando no ICMC - USP),  Thiago Aparecido Gonçalves da Costa (Mestrando no ICMC - USP) e Lucas Augusto Vieira Brito (Mestrando no ICMC - USP), a pesquisa é capaz não apenas de detectar enchentes e o nível de poluição de rios, como pode avisar a população, via aplicativo de celular, sobre os eventuais riscos.

O sistema é chamado e-NOE e funciona por meio da Intenet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial. Leia mais e assista o vídeo.

“Diferentemente da hidrometria convencional, em que os dados só são coletados quando o usuário vai até a estação para extraí-los, na IoT as informações são transmitidas em tempo real para os interessados. O próprio sistema pode emitir automaticamente alertas de enchentes em tempo-real usando a tecnologia de comunicação sem fio como o 3G”, explica Jó Ueyama.

Ainda segundo ele, a tecnologia já se encontra registrada no INPI e à disposição de prefeituras e órgãos interessados em utilizar o sistema. “Nós da universidade temos o dever de criar novas  tecnologias que possam beneficiar a população e cabe ao poder público ou empresas privadas o uso das mesmas. Há um showcase da tecnologia instalada em São Carlos; e a mesma está pronta para auxiliar os municípios em políticas públicas no enfrentamento dessas enchentes que trazem tantos danos não apenas materiais, mas que até tiram vidas”, disse Jó.

A tecnologia apoiada pelo CeMEAI já foi replicada e está em funcionamento no município de Rio do Sul, cidade catarinense onde a população já recebe alertas e é orientada pela Defesa Civil com esta mesma tecnologia. Veja na reportagem.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Quarta, 15 Janeiro 2020 17:59