Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Ciência de Dados

eptv logo

 

Uma tecnologia desenvolvida por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos (SP) promete ajudar os municípios a gerenciar melhor a destinação do lixo. O software fornece uma série de dados, como horários de descarte e tipos de materiais mais comuns em cada bairro, está sendo testado em Matão e já despertou o interesse de outras prefeituras.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

logo sbf

 

O estudo de redes tem uma gama de aplicações que impressiona: as mesmas estratégias podem permitir a investigação do fluxo de saída de pessoas num estádio de futebol, as conexões entre neurônios no cérebro e a transmissão da dados via internet, para citar apenas três exemplos.

Agora, um grupo de pesquisadores do Brasil e da Europa usou as ferramentas matemáticas das redes para estudar epidemiologia, ao formular como uma doença pode se espalhar em uma população em termos das redes de contágio que as pessoas formam entre si.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

 

logo record

 

Uma pesquisa comprova que mais de 28 milhões de Brasileiros convivem com uma doença conhecida como zumbido no ouvido. Conheça a pesquisa que uniu Brasil e Oriente Médio no combate a este incômodo.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

eptv logo

 

 

Quem tem sabe o quanto é irritante o zumbido, aquele barulhinho chato, constante no ouvido. E acreditem: incomoda 28 milhões de brasileiros. Mas pesquisadores da USP em São Carlos descobriram uma região do cérebro que pode ajudar no tratamento.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

tv tem

 

Melhorar a qualidade e, consequentemente, a quantidade da madeira produzida na região. Esse é o objetivo de um projeto que envolve professores e alunos da UNESP em Itapeva com o setor industrial. Eles criaram um software que, praticamente, faz um raio-x da madeira. O resultado foi tão positivo que um intercâmbio foi fechado com uma universidade da Finlândia.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

ag fapesp logo alt

 

Pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) apoiados pela FAPESP, em parceria com a Reenvolta – cooperativa de trabalho de profissionais na área socioambiental –, desenvolveram um sistema para a gestão de resíduos sólidos testado com sucesso pela prefeitura de Matão, em São Paulo.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

ag fapesp logo alt

Os resultados de uma pesquisa conduzida no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC/USP) em São Carlos estão sendo usados para desenvolver um modelo matemático que ajude a compreender como funciona o cérebro de portadores de um distúrbio que leva o nome de Tinnitus, mais conhecido como zumbido de ouvido.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

logo ABE

 

Durante o 10º Congresso Internacional da Sociedade Estatistica Chinesa (ICSA), realizado de 19 a 22 de Dezembro de 2016, a Associação Brasileira de Estatistica (ABE) foi representada pelo seu Presidente, Prof. Francisco Louzada.

 

CLIQUE AQUI para ver o post completo!

Pesquisadores da USP criam Estressômetro

rede familia

Um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), câmpus de São Carlos, desenvolveram um programa de computador capaz de identificar o humor dos usuários.  

Os pesquisadores estão providenciando a patente do "estressômetro", em breve a tecnologia chegue ao mercado.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

ag fapesp logo alt

 

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) apoiados pela FAPESP, firmou parceria com duas instituições chilenas: o Centro de Estudios Avanzados de Fisiologia del Ejercicio (CEAFE) e o Departamento Deporte de Alto Rendimiento, do Instituto Nacional de Deportes, de acordo com a Assessoria de Comunicação do CeMEAI.

O acordo envolveu a entrega do módulo iSports – Chile Children, derivado do iSports, sistema desenvolvido pelos pesquisadores Francisco Louzada Neto, coordenador de transferência de tecnologia do CeMEAI, Anderson Ara, aluno de pós-doutorado do Centro, e Alexandre Maiorano, aluno de doutorado do Programa Interinstitucional de Pós-Graduação em Estatística (PIPGEs) da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

Página 3 de 5