Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Tecnologia do CeMEAI é apresentada na Agrishow 2019

Drone para pulverização é desenvolvido com empresa de Ribeirão Preto

 

IMG 1900 2 IMG 1871 2

 

O trabalho desenvolvido por pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) foi conhecido por visitantes da 26ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2019), maior feira de tecnologia agrícola do Brasil e uma das maiores do mundo, realizada na cidade de Ribeirão Preto entre os dias 29 de abril e 02 de maio.

Uma das pesquisas de Onofre Trindade Junior, professor aposentado do ICMC/USP e Cláudio Fabiano Motta Toledo, professor do Departamento de Sistemas de Computação do ICMC/USP e pesquisador do CEPID-CeMEAI trata da tecnologia de pulverização agrícola por drones. Hardware e Software do equipamento foram desenvolvidos em parceria com a empresa Drone Sense para que o produto atendesse as necessidades de produtores de cana-de-açúcar.

Mauricio Gabiolli é o diretor da empresa. Ele explica que o drone apresentado na Agrishow pode ser utilizado em um processo de cultivo denominado catação. “Durante o plantio, crescem junto com a cultura plantas daninhas que precisam ser erradicadas. Muito desde trabalho de aplicação de produtos químicos ainda é feito de forma manual ou por helicópteros, o que tem custo alto ou ainda, por aviões, mas neste último caso, o produto fica no ar, pode chegar a propriedades vizinhas, por exemplo. Então, a solução ideal chega com esse drone que consegue voar a uma altura de 10 ou 15 metros, desce de forma certeira no local onde o herbicida precisa chegar, faz a pulverização, levanta voo e pousa sozinho”, explica.

Ainda segundo ele, a troca de experiências com o CeMEAI foi fundamental na solução encontrada. “Já procurei desenvolver essa tecnologia no mercado com empresas privadas e nunca progrediu tanto como com a universidade. Os pesquisadores realmente entenderam o problema e apresentaram uma tecnologia que funciona muito bem, de forma muito rápida e muito precisa. Eu acho isso fantástico”, comentou Maurício.

Vitor Vargas de Oliveira oferece soluções para produtores de café no Espírito Santo e conheceu a tecnologia. “Eu gostaria de poder contar com um produto desse adaptado ao nosso cultivo também. É algo que não encontramos no mercado”, opinou.

Para Cláudio Fabiano Motta Toledo, esta parceria com a empresa Drone Sense é fundamental. “Este trabalho conjunto poderá permitir tanto a construção dos equipamentos, quanto um maior contato com empresas no mercado que demandam tal tecnologia”, comentou.

Cláudio lembra ainda que, neste momento, os equipamentos não estão sendo fornecidos para o mercado. “Este é no entanto, o início de uma aproximação importante do que está sendo desenvolvido pela universidade diante das necessidades existentes para o uso efetivo de drones na agricultura”.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Sobre a Drone Sense Tecnologia Aérea

A Drone Sense atua na área de tecnologia aérea, todo e quaisquer tipos de drones, vant’s, sensores, robótica no uso de controle biológico e químico; Cursos especializados na área de agricultura de precisão, capacitação operacional desde a construção de um drone tão bem como sua operação.

Busca atender as necessidades do campo fornecendo produtos onde hoje falta recursos e tecnologia efetiva, atuando no desenvolvimento de novos drones em parceria à universidade, importando tecnologia do mercado exterior para que se tenha o melhor equipamento.

Atua na área de agricultura de precisão com agrônomos especializados nessa nova era da tecnologia aérea e também cursos profissionalizantes na operação dos drones e prestação de serviços.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.