Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
folha

Cidades do interior de São Paulo passaram a apresentar estabilização nos casos ativos e alta na taxa de retransmissão do novo coronavírus nos últimos dias, interrompendo uma tendência de queda e destoando dos dados gerais do estado, aponta ferramenta de análise de dados e monitoramento em tempo real da pandemia em municípios paulistas.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

educadora

 

Um estudo do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria, da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), aponta que Limeira já atingiu o chamado “platô” na pandemia do coronavírus. De acordo com a pesquisa, a cidade atingiu o pico de contaminação entre os dias 23 de julho e 6 de agosto. O estudo mostra que no dia 23 de julho, quando a cidade entrou no pico, eram 2.873 casos confirmados.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

globo

 

Os pesquisadores das universidades paulistas dizem que a taxa de transmissão está abaixo de um em 16 das 22 regiões de São Paulo.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

globo

 

Pesquisadores da USP e da Unesp criaram uma ferramenta que calcula a evolução da pandemia nas cidades paulistas que concentram mais casos e mortes por coronavírus no estado de São Paulo. Os modelos matemáticos são abastecidos pelas prefeituras, com dados oficiais.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

sbt

A Covid-19 já matou 118.649 brasileiros. Mais de 3 milhões e 700 mil foram infectados pelo novo coronavírus. Os curados somam quase 3 milhões. E pela primeira vez o Brasil ultrapassou os EUA no ranking de mortes causadas pelo novo coronavírus a cada 100 mil habitantes.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

estadao

Pesquisadores da USP e da Unesp desenvolveram uma ferramenta para projetar o número de infecções, óbitos e pacientes recuperados da covid-19 em São Paulo. A partir dos dados fornecidos pelas prefeituras, analisados por modelos matemáticos e técnicas de inteligência artificial, os professores conseguem antever o comportamento da doença em cada uma das 22 sub-regiões do Estado no período de sete a dez dias com 95% de acerto.

 

CLIQUE AQUI ler a reportagem completa!

TV Cultura logo

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) desenvolveram uma ferramenta que utiliza matemática e inteligência artificial para predizer o número de infectados, óbitos e de pacientes recuperados no estado de São Paulo.

SP Covid-19 Info Tracker é uma plataforma alimentada com dados das secretarias de Saúde do município. Ao todos, 22 sub-regiões são monitoradas pela ferramenta. Além de dados, como número de casos, mortes e recuperados, o Info Tracker também faz uma previsão de como a doença se comportará nos próximos sete dias. 

 

CLIQUE AQUI assistir à reportagem!

Ferramenta para predizer a evolução da Covid-19 em São Paulo

Notícias Relacionadas

Pesquisadores

Wallace Casaca, Cássio Oishi, José Alberto Cuminato

Professores da Unesp e da USP desenvolveram uma ferramenta que utiliza matemática e inteligência artificial para predizer o número de infecções, óbitos e pacientes recuperados no estado de São Paulo. Utilizando dados fornecidos pelas prefeituras municipais e concentrados na plataforma Info Tracker, os pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), apoiado pela Fapesp, conseguem apontar resultados individuais para cada uma das 22 regiões do estado.
logo unesp fm

Uma plataforma de dados criada por iniciativa de pesquisadores da Unesp e da USP disponibiliza informações sobre a pandemia do novo coronavírus em 82 cidades do estado de São Paulo. A equipe comandada por Wallace Casaca, professora da Unesp em Rosana e pesquisador do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria, o CeMEAI, um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão financiados pela Fapesp, monitora e organiza as informações de forma que qualquer cidadão possa entender o histórico e o avanço da Covid-19 no estado.

 

CLIQUE AQUI para ouvir a reportagem!

logo tecmundo

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (UNESP) lançaram uma nova plataforma que acompanha o avanço da covid-19 em tempo real no estado de São Paulo. O sistema reúne informações de 82 cidades desde o início da pandemia, que correspondem a 95% das mortes confirmadas na região.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

Página 1 de 3