Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
jornal da usp

No dia 18 de outubro, o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (Cemeai) promoveu uma reunião com líderes de institutos da USP e da Secretaria Municipal de Saúde de Bauru para definir ações conjuntas em ensino e pesquisa na rede de saúde de atendimento à população.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

g1

 

Cada vez mais, os processos ligados à robótica e à inteligência artificial têm tomado conta da sociedade, facilitando o cotidiano das empresas e das pessoas, de uma maneira geral. E como há sempre algo novo a ser descoberto, a tendência é que as pesquisas no setor não parem. Professores e alunos da Universidade Federal de Alfenas (Unifal) estão desenvolvendo projetos que utilizam inteligência artificial no desenvolvimento de soluções para as mais diversas áreas, como a medicina, economia e até mesmo a astronomia.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

jornal da usp

O programa Ambiente É o Meio desta semana entrevistou o professor Francisco Louzada Neto do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), Campus da USP em São Carlos.

No programa, o professor fala sobre o projeto criado através do Centro de Ciências de Matemática e Estatística Aplicada a Indústrias (CeMAI) de um sistema de gestão de resíduos sólidos para a Cooperativa Socioambiental Reenvolta de São Carlos.

 

CLIQUE AQUI para ouvir o programa!

Identificação de madeiras

pesquisa fapesp

 

Dois sistemas de visão artificial, que usam imagens para identificar e classificar madeiras, foram desenvolvidos recentemente em São Paulo. Um deles, chamado NeuroWood, contou com pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Itapeva, e do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos. Ele é composto por um conjunto de câmeras (webcams), um computador e um programa que diferencia a madeira em três categorias: A (excelente), B (boa) e C (rejeitada). O outro, criado no Instituto de Física da USP em São Carlos (IFSC-USP), é um método matemático que deu origem a um software capaz de determinar a espécie de árvore da qual determinada tábua provém. As duas tecnologias se destinam principalmente aos setores madeireiro e moveleiro.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

 

globo

 

 

Alexandre Henderson participa de um treinamento de futebol com uma galerinha muito jovem e tem seu desempenho analisado por um programa que usa a Matemática para descobrir novos talentos. Os números não mentem na hora de revelar os futuros craques! Será que o Alexandre é mesmo bom de bola?

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

jornal da usp

“Quanto mais interessante for o estímulo e mais simples a linguagem do conteúdo transmitido aos alunos, mais fácil eles aprendem”. O depoimento é de Márcio Fessel, durante o curso de robótica para a capacitação de professores do ensino médio, oferecido pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. Ele é um dos 40 professores da rede pública de ensino que participaram da iniciativa realizada entre os dias 11 de março e 27 de maio no ICMC.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

 

ag fapesp logo alt

As fabricantes de aviões comerciais têm sido pressionadas a reduzir o ruído gerado por suas aeronaves de modo a diminuir o incômodo e os impactos à saúde de pessoas que vivem próximas de aeroportos.

A fim de atender às rigorosas normas internacionais criadas para regulamentar essa questão, empresas como a Boeing, a Airbus, a Embraer e a Bombardier têm feito pesados investimentos em pesquisa e desenvolvimento com o intuito de identificar e minimizar as fontes de ruído dos aviões que projetam para torná-los mais silenciosos.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

 

CeMEAI e Petrobras firmam convênio

ag fapesp logo alt

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) da FAPESP, firmou convênio com a Petrobras que prevê o desenvolvimento de novos métodos computacionais para a simulação da produção de petróleo nos campos do pré-sal brasileiro.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

g1

 

Um supercomputador e 14 pesquisadores multiplicados por quatro anos de trabalho. A conta resume o convênio firmado entre a Petrobras e o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), em São Carlos (SP), para gerar métodos capazes de simular a produção no pré-sal brasileiro e aumentar a eficiência da extração de petróleo.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

globo

 

Tem um evento internacional rolando que promove a ciência em 10 cidades do estado de São Paulo. Mas nada de professores em sala de aula, laboratórios ultramodernos. É um bate-papo. Uma boa conversa de bar.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

Página 5 de 12