Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Trabalho orientado por pesquisadores do CeMEAI é premiado no Chile

Estudo da aluna do PIPGEs analisa modelos da Teoria de Resposta ao Item

 

IMG 20190719 165350 lqIMG 20190723 WA0006 lq

 

A aluna de doutorado Cláudia Evelyn Escobar Montecino, do Programa Interinstitucional de Pós-graduação em Estatística UFSCar-USP (PIPGEs), orientada pela professora Mariana Curi, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC/USP) e pesquisadora do CeMEAI, recebeu o prêmio ETS Travel Award da Psychometric Society.

A premiação ocorreu durante o International Meeting of the Psychometric Society (IMPS 2019) na Pontificia Universidad Católica de Chile, em Santiago, no dia 19 de julho.

Intitulado "Item Response Theory Using Autoencoders and Variational Autoencoders", o trabalho estuda as metodologias de autoencoders e variational autoencoders como métodos de estimação de parâmetros de modelos da Teoria de Resposta ao Item (TRI).

“Neste trabalho, nós propusemos uma modificação nos métodos de autoencoders de forma a incorporar um modelo multidimensional da TRI em sua arquitetura e possibilitar a estimação de seus parâmetros via métodos de redes neurais profundas. Os resultados dos estudos de simulação mostram bom desempenho de ambas as metodologias, comparáveis com os métodos de estimação usuais de TRI, como por exemplo MCMC e Máxima Verossimilhança Marginal, com a vantagem de serem bastante mais flexíveis e factíveis para grande volume de dados”, explicou Mariana Curi.

O CeMEAI também esteve representado pela pesquisadora Mariana Curi, quem deu uma palestra acerca de Machine learning for estimation in IRT models e o professor Jorge Luis Bazán que apresentou um pôster acerca de A response time model to test with limited time junto a seu estudante de doutorado e ministrou um seminário no Departamento de Estatística da PUC do Chile sobre desempenho de links assimétricos e métodos de correção para dados desbalanceados em regressão binária.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Núcleo de Estatística Aplicada traz problemas reais para a sala de aula

NEA está recebendo inscrições de instituições interessadas

 

nea logo

 

Aproximar alunos de Estatística de problemas reais oferecidos por empresas e pela sociedade em geral. Este é o principal objetivo do Núcleo de Estatística Aplicada (NEA), iniciativa do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos.

O Núcleo surgiu com a ideia de ser útil para os dois lados: os proponentes dos projetos têm, sem qualquer custo, suas questões analisadas por especialistas e a universidade aproveita as informações para aproximar os alunos de graduação dos problemas reais e alimentar bancos de dados para futuros estudos.

A cooperação pode ser feita de diversas formas. “O NEA é responsável por captar os projetos que são submetidos e analisar se cabem dentro de uma disciplina, de um trabalho de conclusão de curso, em uma iniciação científica ou mesmo em uma atividade de cultura e extensão. Tudo depende do tipo de dado, do tipo de análise, dos objetivos do projeto, do tempo disponível para isso e da disponibilidade de alunos ou supervisores para analisarem os dados”, explica Juliana Cobre, coordenadora do NEA e professora do ICMC.

Chamada aberta

chamada nea

Até o próximo dia 8 de julho, instituições interessadas em participar das iniciativas do Núcleo podem enviar seus projetos através do site do NEA. A chamada especial é voltada à área de Bioestatística. “A disciplina Bioestatística contém tópicos como razão de chances, riscos relativos, testes de homogeneidade e heterogeneidade, modificação de efeitos, meta análise, crossover, testes de diagnóstico e outras”, esclarece Juliana.

Os projetos aprovados pelo NEA serão utilizados na disciplina Bioestatística no segundo semestre deste ano. As aulas serão ministradas pela professora Mariana Cúri, do ICMC e pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI). A metodologia utilizada no curso é a Problem Based Learning, que tem eficácia comprovada e já foi utilizada em algumas disciplinas do ICMC.

A ideia é que os projetos selecionados nesta chamada sejam discutidos durante todo o semestre pelos alunos e os avanços sejam apresentados ao fim do estudo. Por isso, além de serem da área indicada, os projetos devem indicar algum representante que tenha disponibilidade de atender os alunos responsáveis pelo estudo durante o semestre. O NEA também exige que os proponentes forneçam os dados para utilização posterior, com preservação do sigilo, para que possam ser usados em outros estudos.

Até o dia 22 de julho, o NEA entrará em contato com os proponentes dos projetos selecionados para fornecer as informações adicionais e dar continuidade ao processo de aprovação.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Metodologia PBL é aprimorada nas aulas de Estatística

Coordenação neste semestre é da pesquisadora Mariana Curi

 

Depois de uma experiência de sucesso no primeiro semestre deste ano, a metodologia PBL – Problem Based Learning – segue apresentando resultados positivos também no segundo semestre. A coordenação neste período é da professora do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP/São Carlos e da pesquisadora do CEPID-CeMEAI Mariana Curi.

Alunos que cursam a disciplina optativa Tópicos Especiais em Estatística Aplicada vivenciam a experiência que traz para a sala de aula uma estrutura interdisciplinar onde a partir de casos específicos apresentados aos estudantes, o objetivo é identificar, investigar, debater, interpretar e produzir possíveis justificações, soluções e recomendações para problemas da disciplina.

A iniciativa do SME, Coordenação do Bacharelado em Estatística e do CEPID-CeMEAI conta agora com a participação da empresa Guten Educação e Tecnologia que oferece conteúdos e softwares para educação.

No final de novembro deste ano, os estudantes devem apresentar à empresa os resultados finais de dois estudos. O primeiro visa analisar o grau de concordância entre professores e linguistas sobre o grau de dificuldade de textos não-ficcionais. O outro desafio envolve a criação de classificadores automáticos também relacionados à dificuldade de texto, trabalhando métodos estatísticos e da ciência da computação.

Assista ao vídeo: 

Você já ouviu falar em Problem Based Learning? É um modelo de aula interdisciplinar e que utiliza problemas reais no aprendizado. Entenda melhor: https://goo.gl/N3o7M1

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Saiba mais sobre este trabalho que no primeiro semestre foi coordenado pelos professores Francisco Louzada e Katiane Silva Conceição.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pesquisadora fala sobre cálculo da nota do Enem

Vídeo de Mariana Curi explica metodologia utilizada pelo Inep

 

A professora Mariana Curi, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC/USP) e pesquisadora da área de Estatística do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CEPID-CeMEAI), gravou um vídeo para auxiliar alunos no entendimento da metodologia de cálculo da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Mariana e o pesquisador Jorge Bazán coordenam o Grupo de Pesquisa de Teoria de Resposta ao Item do ICMC, formado por alunos de graduação e de pós-graduação da USP/São Carlos. Ela lembrou que o cálculo da nota não é mais por porcentagem de acertos e falou sobre outros pontos. Confira:

 

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma prova diferente dos outros vestibulares, porque as notas não dependem apenas da quantidade de questões acertadas. Entenda como funciona a avaliação do ENEM:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Terça, 20 de dezembro de 2016

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Plataforma de Avaliação Informatizada

Pesquisadores

Mariana Cúri e Seiji Isotani

Inicialmente chamado Plataforma de Avaliação Informatizada (PAI), o sistema é diferenciado porque não apenas monta as provas, seleciona questões e as corrige automaticamente, mas incorpora módulos estatísticos e matemáticos que permitem que as avaliações sejam adaptativas, personalizadas para cada aluno. Conforme as respostas dadas pelo aluno na prova, é possível escolher uma próxima questão em um banco de dados mais adequada ao nível de dificuldade ou acerto dele, individualizando e aprimorando assim o conteúdo e dificultando as "colas".

O sistema já existente será aprimorado com a participação do grupo de Computação, possibilitando seu uso por outros docentes e também para avaliações de qualquer conteúdo, tais pesquisa de opinião ou marketing, não necessariamente provas ligadas à área educacional.

Pesquisa na área de estatística cria plataforma de avaliação

Ferramenta para aplicar e avaliar provas é desenvolvida junto à Computação

 

Um trabalho coordenado pela professora Mariana Curi, do Icmc Usp e do CEPID - CeMEAI, promete ajudar os professores na hora das provas. Foi desenvolvido um sistema que monta os exames, seleciona questões e as corrige automaticamente. Além disso, incorpora módulos estatísticos e matemáticos que permitem que as avaliações sejam adaptativas. Saiba mais: http://goo.gl/nq36W4

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quinta, 7 de abril de 2016

 

A tecnologia permite que o acesso à informação e interatividade sejam cada vez mais presentes nas salas de aula, auxiliando no processo de aprendizagem. No entanto, ainda não foi capaz de eliminar, de uma vez, as avaliações em papel, demandando tempo dos docentes na aplicação dos testes e na correção.

Agora, um trabalho que tem coordenação da pesquisadora da área de Estatística, Mariana Curi, integrante do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), promete mudar essa realidade com inovação.

Inicialmente chamado Plataforma de Avaliação Informatizada (PAI), o sistema é diferenciado porque não apenas monta as provas, seleciona questões e as corrige automaticamente, mas incorpora módulos estatísticos e matemáticos que permitem que as avaliações sejam adaptativas. “Conforme as respostas dadas pelo aluno, é possível escolher uma próxima questão no banco de dados mais adequada ao nível de dificuldade ou acerto dele, individualizando e aprimorando assim o conteúdo e dificultando "cola"”, explica Mariana que já utiliza a ferramenta em suas avaliações.

Agora, o projeto da pesquisadora ganha reforço junto do também pesquisador do CeMEAI, Seiji Isotani, da área de computação que irá desenvolver um software contando também com o envolvimento de um grupo de alunos de doutorado.

 “O sistema já existente será aprimorado com a participação do grupo de Computação, possibilitando seu uso por outros docentes e também para avaliações de qualquer conteúdo, tais pesquisa de opinião ou marketing, não necessariamente provas ligadas à área educacional”, comentou.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira – Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.