Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

A matemática do Tai Chi Chuan

A matemática do Tai Chi Chuan

Tema da próxima palestra do ciclo “A Terceira Margem” no IMECC

 

a3m tai pre

 

O ciclo de palestras "A Terceira Margem", iniciativa é coordenada por Lúcio Tunes dos Santos e Laura Rifo, professores do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Unicamp e pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), terá nova edição no próximo dia 30 de abril. A apresentação será do professor do IFGW da Unicamp Paulo Sakanaka e abordará o tema Principia Mathematica do Tai Chi Chuan. Confira o resumo do evento:

“Taijiquan (Tai chi chuan) é um exercício de saúde excelente que engloba uma multiplicidade de aspectos diferentes da natureza humana. É um exercício físico, é um exercício mental, é um exercício espiritual. É uma arte marcial extremamente eficiente. A essência da prática do taiji está em princípio de mínima energia; minimiza o consumo da energia, transforma a energia existente, para fazer o seu trabalho – desviar o ataque ou desferir um contra-ataque transformando a energia do adversário. Como é uma arte marcial, a interação, isto é, a flexibilidade de direcionamento do movimento é essencial ao treinamento de taiji; isto significa que os movimentos de taiji estão a todo momento sujeito a transformação do percurso da energia: geometria (não euclidiana?)”.

A apresentação está marcada para começar às 13h e será realizada no auditório do IMECC. A entrada é aberta ao público e não é necessária inscrição prévia.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Jogo "Malha" é tema de seminário no ICMC

Teorias dos Jogos Combinatórios e dos Grafos serão abordadas no evento

 

frame scl

 

Na próxima sexta-feira (26), o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos receberá mais uma edição do Seminário de Coisas Legais. Desta vez, o apresentador será Lucas Real, aluno de Bacharelado em Matemática do próprio Instituto.

A palestra terá como tema as possíveis estratégias para o jogo "Malha", que consiste em cortar ligamentos entre os nós de uma rede. Confira o resumo da apresentação:

“Na Itália do século XVI, muitos matemáticos duelavam entre si na resolução de problemas formulados uns para os outros. Geralmente, esses problemas estavam relacionados a resoluções de contas brutas e complexas. Assim, vamos convidar dois renomados competidores dessa época, Cardano e Tartaglia, para jogar um jogo matemático mais divertido e igualmente intrigante: o jogo "Malha". Nesse desafio, eles devem pendurar uma rede de pesca no teto e se alternarem no corte de ligamentos entre os nós da rede. A regra é clara: no momento em que um dos nós (ou alguns deles) se desprender do restante da rede e cair, o responsável pelo último corte feito perde o jogo. Será que os matemáticos conseguem desenvolver uma tática para serem bem-sucedidos? Ou ainda: será que algum deles consegue formular uma estratégia que garanta sua vitória, independentemente da sequência de cortes que o adversário faça? Nesse Seminário, vamos discutir como a Teoria dos Jogos Combinatórios e a Teoria dos Grafos podem nos ajudar a responder essas questões”.

O Seminário terá início às 13h13 e será realizado no Auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano, no bloco 6 no ICMC. O evento é aberto ao público e não é necessária inscrição prévia.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Cursos na USP capacitam professores em robótica e computação

Aulas são ministradas no ICMC, em São Carlos

 

Cursos na USP capacitam professores em robótica e computação

Até o próximo dia 27 de abril, o Icmc Usp oferece cursos de computação e robótica para professores das redes pública e particular. O objetivo das aulas é capacitar os professores para que eles possam preparar seus alunos para a Olimpíada Brasileira de Robótica, que será realizada a partir do mês de junho. Saiba mais: http://bit.ly/curso-robotica-professores

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 17 de abril de 2019

 

Até o próximo dia 27 de abril, o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos oferece cursos de computação e robótica para professores das redes pública e particular. O objetivo das aulas é capacitar os professores para que eles possam preparar seus alunos para a Olimpíada Brasileira de Robótica, que será realizada a partir do mês de junho.

“Todos os cursos são bem introdutórios, mas eles proporcionam que os alunos – no caso os professores – coloquem a mão na massa. A gente mostra que é possível que eles aprendam computação e robótica”, conta a professora Roseli Romero, do ICMC, que também é pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e coordenadora dos cursos.

“A ideia de ministrar esses cursos para professores surgiu do fato que a gente já havia ministrado vários cursos pra alunos do ensino médio e fundamental, e a gente sentia falta de uma continuidade, de um aprimoramento desses estudantes nas suas escolas”, explica.

O curso é dividido em quatro turmas: uma de computação e três de robótica, que atendem professores com diferentes níveis de conhecimento sobre o assunto.

“Existe nivelação primeiramente porque há kits robóticos diferentes para fazer a programação. Entrar em cada um desses kits robóticos tem um nível de dificuldade distinto. Também oferecemos um curso de computação porque, às vezes, a pessoa precisa de uma introdução fundamental de lógica de programação”, conta Murillo Rehder Batista, doutor em computação e um dos monitores dos cursos.

“Nós passamos o básico, então eles saem daqui instruídos com o que é fundamental pra eles conseguirem passar as instruções para os alunos. Como eles devem programar, como eles devem se virar, sem dar as respostas prontas, porque quem tem que dar as respostas são os alunos”, completa.

A professora Ingrid Hebeler dá aulas de tecnologia em uma escola de São José do Rio Preto e está vindo semanalmente a São Carlos para participar do curso. “É extremamente importante. Em São José do Rio Preto, nós não temos essa capacitação voltada para a OBR. Nós temos que sempre estar procurando nos virar sozinhos. Por isso, foi fantástica essa ideia dos cursos. Gostei muito e estou adorando participar”, comemora.

Esta é a terceira edição do curso voltado para capacitar os professores. Desde a primeira, realizada em 2017, cerca de 180 deles já passaram pelo ICMC e aproveitaram as aulas. Porém, as atividades não param por aí. A partir do mês de maio, será a vez das crianças participarem de cursos de robótica na USP.

“O curso voltado para os alunos tem o propósito de tirar dúvidas relacionadas à OBR e ensinar a programar os robôs para enfrentar os desafios da Olimpíada. Nós apresentamos os desafios, discutimos com eles e também damos dica de como enfrentar esses desafios programando os robôs. Esse curso preparatório também vai oferecer conhecimentos de PETE, Arduíno e LEGO, que são os kits mais utilizados em competições brasileiras de robótica”, antecipa Roseli.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CeMEAI abre inscrições para Escola e Workshop de Soluções Matemáticas

ICMC/USP recebe eventos no mês de julho

 

IMG 0375 2

 

As duas primeiras semanas do mês de julho serão de muitos estudos e discussões sobre problemas reais no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. Como ocorre anualmente, o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) promoverá a Escola de Matemática Aplicada e o Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, duas iniciativas que aproximam o público acadêmico de desafios reais do cotidiano do mercado.

A IV edição da Escola será iniciada logo no primeiro dia do mês. O evento serve como preparação para o Workshop e tem como principal objetivo apresentar um conjunto de técnicas matemáticas e de modelagem, além de um problema real, para que os estudantes possam experimentar por eles mesmos o processo de entender, formular e resolver um problema prático. São apresentados problemas reais já estudados em ocasiões anteriores, para os quais se tem uma boa base de conhecimento, e os alunos trabalham durante uma semana, guiados pelo tutor na solução ou estudo desses problemas.

Neste ano, serão oferecidos três cursos na Escola: "Análise de crimes e corrupção política usando mineração de dados, aprendizado de máquina e redes complexas", ministrado pelo Dr. Luiz Gustavo de Andrade Alves (Northwestern University, USA), "Análise Estatística de Redes e Aplicações", com o Prof. Luis Carvalho (Boston University, USA), e "Fluid Mechanics and Human Circulation", com apresentação do Prof. Angiolo Farina (Dipartimento di Matematica “U. Dini”, Itália).

O público-alvo da Escola são alunos do último ano de graduação, mestrandos e doutorandos. As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas neste formulário.

Já o V Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais será realizado na semana seguinte à Escola, entre os dias 8 e 12 de julho. O Workshop se propõe a fomentar a interação universidade-indústria, propiciando benefícios advindos das ciências matemáticas ao setor produtivo brasileiro. O evento recebe seis problemas reais de empresas e, durante os cinco dias, reúne professores, alunos e membros das instituições em busca de soluções para questões relacionadas a matemática, estatística, computação e áreas correlatas.

A programação completa e os problemas a serem apresentados ainda serão divulgados, mas as inscrições, que também são gratuitas, já podem ser feitas no site do Workshop.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Íntegra - Seminário de Coisas Legais: Estabilizando matemáticos instáveis

 

A segunda edição de 2019 do Seminário de Coisas Legais foi apresentada por Caio Lopes de Araujo, aluno de Bacharelado em Matemática do ICMC/USP, na última sexta-feira (5). Confira a íntegra de "Estabilizando matemáticos instáveis":

 

Íntegra - Seminário de Coisas Legais: Estabilizando matemáticos instáveis

A segunda edição de 2019 do Seminário de Coisas Legais foi apresentada por Caio Lopes de Araujo, aluno de Bacharelado em Matemática do Icmc Usp, na última sexta-feira (5). Confira a íntegra de "Estabilizando matemáticos instáveis":

Publicado por CEPID - CeMEAI em Sexta-feira, 12 de abril de 2019

CeMEAI é apresentado em Escola de Modelos de Regressão

Cinco pesquisadores participaram de Sessão Temática no evento da ABE

 

DSCN6677 3  DSCN6215 2 

 

Cinco pesquisadores da área de Análise de Risco do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) participaram de uma Sessão Temática da Escola de Modelos de Regressão (EMR) 2019, que ocorreu no município de Pirenópolis-GO.

Segundo o coordenador da Sessão temática, denominada Inovação e Transferência de Tecnologia em Estatística, e Coordenador de Transferência Tecnológica do CEPID-CeMEAI, Francisco Louzada Neto, foram apresentadas aos participantes as atividades que são desenvolvidas pelo Centro, suas áreas de atuação, e cada pesquisador falou sobre os trabalhos desenvolvidos em temas específicos.

Gleici da Silva Castro Perdoná (FMRP - USP) falou sobre modelos para progressão do primeiro estágio do trabalho de parto espontâneo. Julio Michael Stern (IME- USP) de um trabalho de avaliação da aleatorização em distribuições de casos: análise de caso do Supremo Tribunal Federal. Um estudo de caso da amostragem intencional fortuita na definição de redes de monitoramento atmosférico foi o tema de Marcelo de Souza Lauretto (EACH–USP). E Nikolai Kolev (IME-USP) discutiu sobre modelos de regressão tipo Marshall-Olkin Bivariados.

“Esse é um evento muito importante na área de Estatística que conta com a organização da Associação Brasileira de Estatística (ABE) e reúne especialistas de todo país para discutir os avanços da modelagem estatística em várias áreas do conhecimento. Apresentar o CeMEAI a este público e mostrar os trabalhos dos pesquisadores que representam o Centro nesta área foi bastante oportuno”, comentou Louzada.

A Escola de Modelos de Regressão (EMR) está em sua 16ª edição. A cada biênio a EMR tem sido realizada em um Estado brasileiro. O evento reúne em torno de 350 participantes ao longo de 3 dias de intensas atividades. Tem participação de professores e pesquisadores nacionais e internacionais de Universidades e Instituições de Ensino Superior, profissionais do mercado, alunos de graduação e pós-graduação de diversas áreas do conhecimento: tecnologia, educação, saúde, finanças, economia, marketing, entre outras.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pesquisadores do CeMEAI participam de evento de Pós-Graduação no IBILCE

Vice-diretor José Mario Martinez falou sobre o Centro e modelos matemáticos

 

 

 

O Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da UNESP, em São José do Rio Preto, promoveu na última semana um Workshop do Programa de Pós-Graduação em Matemática. O evento teve duração de dois dias e uma série de palestras foram organizadas. O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) foi representado por seu vice-diretor José Mario Martinez. Martinez apresentou o CEPID-CeMEAI, falou sobre seus objetivos e o trabalho que é realizado com a indústria, por intermédio da matemática. Sua apresentação resumiu alguns de seus trabalhos na área de Otimização e foram apresentados tipos de modelos matemáticos e suas variações.

Também estiveram presentes ao workshop os professores do IBILCE e pesquisadores do CeMEAI Geraldo Nunes da Silva e Maria do Socorro Nogueira Rangel.

O coordenador do programa de Pós-Graduação do IBILCE, Alagacone Sri Ranga, comentou sobre um dos objetivos deste evento que foi reunir especialistas de diferentes áreas da matemática para falar aos alunos sobre suas experiências. “O Professor José Mario Martinez é um dos especialistas mais importantes da área de Otimização e por isso fizemos o convite. Foi muito interessante que ele também falou sobre o CeMEAI que é um projeto que muito tem a contribuir com a matemática e indústria brasileira”, comentou o coordenador.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

“Estabilizando matemáticos instáveis” no Seminário de Coisas Legais

Tema foi apresentado por Caio Lopes de Araújo, aluno do ICMC

 

O Seminário de Coisas Legais teve sua segunda edição de 2019 na tarde de hoje! O apresentador foi Caio Lopes de Araujo, aluno de Bacharelado em Matemática do ICMC/USP, e o título: "Estabilizando matemáticos instáveis". Veja como foi:

 
“Estabilizando matemáticos instáveis” no Seminário de Coisas Legais

O Seminário de Coisas Legais teve sua segunda edição de 2019 na tarde de hoje! O apresentador foi Caio Lopes de Araujo, aluno de Bacharelado em Matemática do Icmc Usp, e o título: "Estabilizando matemáticos instáveis". Veja como foi:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Sexta-feira, 5 de abril de 2019

Nº: 2772

Área de conhecimento: Matemática

Nº do processo FAPESP: 2013/07375-0

Título do projeto: Métodos numéricos para o tratamento de singularidades em escoamentos complexos de fluidos complexos.

Área de atuação: Modelagem Matemática Industrial Aplicada

Quantidade de vagas: 1

Pesquisador principal: Cassio Machiaveli Oishi

Unidade/Instituição: Universidade Estadual Paulista (UNESP) / Departamento de Matemática e Computação

Data limite para inscrições: 30/04/2019

Publicado em: 29/03/2019

Localização: Rua Roberto Simonsen, 305 - Departamento de Matemática e Computação, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Presidente Prudente

E-mail para inscrições: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Resumo

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CEPID- CeMEAI) tem uma posição de pós-doutorado. Os requisitos para a bolsa são descritos abaixo. O CeMEAI é um consórcio de várias universidades no Estado de São Paulo. A posição é válida por um ano, renovável por mais um ano, dependendo do desempenho do aluno. 

1) Projeto de Pós-Doutorado

Departamento de Matemática e Computação – Universidade Estadual Paulista – UNESP – Presidente Prudente – São Paulo – Brasil.

Title: Métodos numéricos para o tratamento de singularidades em escoamentos complexos de fluidos complexos

Coordenador: Prof. Dr. Cassio M. Oishi 

 

Descrição/Requisitos:

Esta proposta estabelece um plano de pesquisa para investigar um conjunto hierárquico de equações-modelo que descrevem materiais viscoelásticos complexos. Tais fluidos podem ser encontrados em muitas aplicações industriais, como problemas envolvendo processos de produção de plástico, óleos, produtos químicos, alimentos e minerais. Uma aplicação importante de materiais viscoelásticos em geometrias complexas está relacionada ao problema de extrusão (ou inchamento do extrudado), referido como die no processamento de polímeros. Em particular, neste tipo de escoamento há uma dificuldade clássica devido à singularidade da tensão na mudança das condições de contorno. 

A simulação de fluidos viscoelásticos com singularidades apresenta desafios relacionados à precisão, estabilidade e convergência. Além disso, a presença de camadas limites pode modificar a solução do problema em certas regiões do domínio. 

Desta forma, este projeto tem como foco melhorias na construção de esquemas numéricos utilizando o conhecimento assintótico da singularidade da tensão viscoelástica. Os problemas analisados serão definidos em geometrias confinadas, como escoamento da contração e o escoamento em cruz (cross-slot), e com superfícies livres, como stick-slip e inchamento do extrudado. O desenvolvimento deste projeto envolverá uma sinergia do supervisor do CEPID em simulações numéricas com a expertise de um colaborador da Universidade de Bath (Reino Unido) em métodos assintóticos. 

Os candidatos devem possuir doutorado em Matemática Aplicada, ou em áreas afins, com experiência em simulação de escoamentos viscoelásticos e métodos assintóticos para a solução destes problemas.

 

Inscrição: 

Candidatos interessados devem enviar por email o CV e duas cartas de recomendação de professores universitários para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa. 

Presidente do CNPq comenta os desafios de comandar o Conselho

João Luiz Azevedo é pesquisador do CeMEAI

 

 

O novo presidente do CNPq, João Luiz Azevedo, foi nomeado para o cargo no dia 15 de janeiro deste ano. Azevedo é pesquisador do CEPID CeMEAI e comentou os desafios de comandar o Conselho. Confira a entrevista:

 

Presidente do CNPq comenta os desafios de comandar o Conselho

O novo presidente do CNPq, João Luiz Azevedo, é pesquisador do CEPID - CeMEAI e comentou os desafios de comandar o Conselho. Confira a entrevista:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 3 de abril de 2019
Página 8 de 52