Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish
istoe dinheiro

 

O estudo, da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (UNESP), aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado no Brasil. A projeção foi feita através de dados reais do Programa Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19 do primeiro trimestre do ano.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

TV Cultura logo

 

A pesquisa foi feita pela Universidade de São Paulo e pela Universidade Estadual Paulista. O estudo se baseou em dados reais de vacinação do Brasil no primeiro trimestre.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

TV Cultura logo

 

A pesquisa realizada pela USP em parceria com a UNESP apontou que 20 mil vidas poderiam ter sido salvas a cada mês caso fossem aplicadas 2 milhões de doses das vacinas por dia.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

uol

 

Caso o Brasil ampliasse para 2,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas por dia, um total de 28,666 vidas serão salvas até o início de setembro. Os dados foram apresentados em um estudo inédito, realizado pela Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) em parceria com a USP (Universidade de São Paulo), ao qual o UOL teve acesso.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

extra

 

Um estudo da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista, que o Jornal Hoje obteve com exclusividade, mostra que se o Brasil ampliasse para dois milhões de doses de vacinas aplicadas por dia, 20 mil vidas seriam salvas todo mês.

O estudo aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

Jornal Hoje

 

Um estudo da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista, que o Jornal Hoje obteve com exclusividade, mostra que se o Brasil ampliasse para dois milhões de doses de vacinas aplicadas por dia, 20 mil vidas seriam salvas todo mês.

O estudo aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

ag fapesp logo alt

 

Pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) desenvolveram a ferramenta Info Tracker, que permite monitorar o avanço da COVID-19 e utiliza matemática e inteligência artificial para projetar o número de infecções, óbitos e pacientes recuperados no Estado de São Paulo e demais regiões do Brasil.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

folha

 

A matemática e a ciência endossaram a afirmação de muitos especialistas: o lockdown, criticado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), é eficaz no controle da pandemia de Covid-19.

Pesquisadores da plataforma SP Covid-19 Info Tracker, da USP e da UNESP, desenvolveram um estudo comparativo que mostra a evolução de casos, óbitos e internações de Araraquara, que fez lockdown permanente, com São Carlos, ambas no interior paulista.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

uol

 

O Brasil mal começou a reduzir a segunda onda de infecções pelo novo coronavírus e já pode estar às vésperas de ser inundado por uma terceira onda, ainda mais letal, com a chegada do inverno, o ritmo lento de vacinação e o afrouxamento da quarentena, dizem especialistas ouvidos pelo UOL.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

bol

 

Pela primeira vez em dois meses, a taxa de contágio (Rt) do novo coronavírus ultrapassou o teto em todo o Brasil, segundo dados da Info Tracker, organizada pelas universidades estaduais Unesp e USP e que monitora a pandemia. Os pesquisadores consideram como teto o índice 1, quando cada pessoa pode contaminar uma outra. Se for maior do que 1, cada doente poderá contaminar mais de uma pessoa.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

Página 1 de 10