Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Ciência e diversão se misturam na 5ª edição do Pint of Science

Ciência e diversão se misturam na 5ª edição do Pint of Science

Ciência de Dados foi o tema de discussão que contou com pesquisadores do CeMEAI

 

Pesquisadores do CeMEAI participam da 5ª edição do Pint of Science

São Carlos foi, mais uma vez, uma das sedes do Pint of Science Brasil. Uma das mesas de discussão falou sobre ciência de dados e contou com dois pesquisadores do CEPID - CeMEAI. Veja como foi!

Publicado por CEPID - CeMEAI em Terça-feira, 28 de maio de 2019

 

Já virou tradição: todo ano, cientistas e públicos de fora da universidade se unem no Pint of Science, evento realizado em bares do mundo todo com a ideia de aproximar cientistas do público em geral. Em São Carlos, uma das mesas de discussão contou com pesquisadores do CeMEAI para falar sobre uma área que vem crescendo muito: a ciência de dados.

"Todos nós estamos produzindo dados hoje em dia: as pessoas, os governos... todo mundo está produzindo uma massa incrível de dados que precisa ser explorada no sentido de extrair conhecimento: o que esses dados estão dizendo? E onde é que pode ajudar no dia a dia o cientista de dados, que vem pra preencher esse nicho que era coberto por profissionais de áreas distintas, como matemáticos, cientistas da computação e estatísticos que atuavam de maneira independente e com ferramentas relativamente distintas umas das outras", explica Luis Gustavo Nonato, professor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos e pesquisador do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI).

Nonato foi um dos apresentadores do evento ao lado de outro professor: Moacir Ponti, também do ICMC e pesquisador do CeMEAI, que mostrou um exemplo de como a ciência de dados pode ser utilizada para beneficiar a sociedade.

"Existe uma síndrome que afeta idosos chamada de Síndrome da Fragilidade, que pode ser utilizada pra rastrear idosos em situação de risco. A partir de uma ferramenta computacional, a gente consegue não só classificar os idosos em uma situação não frágil, pre frágil ou frágil, mas também dar indicações para o agente de saúde de como é que aquele idoso em particular tem que ser melhor acompanhado", esclarece.

Gabriela Piton é aluna de química. Parece uma área distante, mas, na verdade, é só mais uma que pode se aproveitar da ciência de dados. "O meu interesse no evento começou pela área de quimiometria, que é uma área da química que estuda o tratamento de dados químicos para entender padrões. Também acho que, de uma maneira geral, é o caso do Big Data, que está presente nosso dia da dia de todas as formas, tanto na química quanto áreas do nosso cotidiano", compara.

A 5ª edição do Pint of Science Brasil teve 85 cidades participantes, tornando o país o recordista do festival em 2019. E é claro que o sucesso do Pint faz com que as expectativas para o ano que vem sejam as melhores possíveis.

"De uma cidade, que foi São Carlos, em 2015 até as mais de 80 cidades que participaram 2019, o evento teve um crescimento bastante grande. Isso indica que a população tem vontade de conhecer a ciência, então o que a gente pode esperar para os próximos anos é um engajamento cada vez maior da sociedade e nós, da academia, tentando melhorar a linguagem com que a gente conversa com a sociedade", finaliza o professor Moacir.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Terça, 11 Junho 2019 20:39