Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Comunicação CeMEAI

Comunicação CeMEAI
istoe dinheiro

 

O estudo, da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (UNESP), aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado no Brasil. A projeção foi feita através de dados reais do Programa Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19 do primeiro trimestre do ano.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

jn logo

 

São Paulo, com 18%, é o estado com maior percentual de pessoas nesta situação, seguido por Ceará, com 16%, e Rio de Janeiro, com 14%, mostra levantamento.

 

CLIQUE AQUI para ler assistir à reportagem!

TV Cultura logo

 

A pesquisa foi feita pela Universidade de São Paulo e pela Universidade Estadual Paulista. O estudo se baseou em dados reais de vacinação do Brasil no primeiro trimestre.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

TV Cultura logo

 

A pesquisa realizada pela USP em parceria com a UNESP apontou que 20 mil vidas poderiam ter sido salvas a cada mês caso fossem aplicadas 2 milhões de doses das vacinas por dia.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

uol

 

Caso o Brasil ampliasse para 2,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas por dia, um total de 28,666 vidas serão salvas até o início de setembro. Os dados foram apresentados em um estudo inédito, realizado pela Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) em parceria com a USP (Universidade de São Paulo), ao qual o UOL teve acesso.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

extra

 

Um estudo da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista, que o Jornal Hoje obteve com exclusividade, mostra que se o Brasil ampliasse para dois milhões de doses de vacinas aplicadas por dia, 20 mil vidas seriam salvas todo mês.

O estudo aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

Jornal Hoje

 

Um estudo da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista, que o Jornal Hoje obteve com exclusividade, mostra que se o Brasil ampliasse para dois milhões de doses de vacinas aplicadas por dia, 20 mil vidas seriam salvas todo mês.

O estudo aponta que 60 mil mortes poderiam ter sido evitadas nos últimos três meses caso o ritmo de vacinação fosse mais acelerado.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

o tempo

 

Com o ritmo de vacinação que tem hoje, o Brasil só terminará a imunização de sua população adulta contra a Covid no dia 9 de junho de 2023. É o que aponta uma plataforma disponibilizada pela USP a partir de dados do Ministério da Saúde sobre doses aplicadas no país.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

sec educacao sp

 

Responsáveis pela plataforma “Vidas salvas no Brasil pelo isolamento social”, o professor Paulo da Silva e Silva e a pesquisadora Claudia Sagastizábal, do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Unicamp, alertam que não é o momento para desacelerar as medidas de distanciamento social.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

jornal da usp

 

A pesquisa científica que há vários anos se dedica a entender os problemas da criminalidade em São Paulo passa a contar agora com um Núcleo de Inteligência de Dados para o Gerenciamento de Cidades e Segurança (NInDa), iniciativa aprovada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) que terá financiamento de cinco anos e suporte específico para ampliar a criação de soluções no desenvolvimento de cidades sustentáveis e inteligentes, por meio da resolução de problemas dentro do tema da segurança pública.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

Página 1 de 104