CeMEAI

简体中文EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsРусскийEspañol
简体中文EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsРусскийEspañol

Trabalho orientado por pesquisadora do CeMEAI é premiado no SIICUSP

Estudo indicou risco de pacientes de Covid-19 irem a óbito a partir de suas comorbidades

O Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SIICUSP) teve sua 30ª edição realizada neste ano de 2022. Entre os dias 30 de novembro e 1º de dezembro, foi realizada a etapa internacional do evento, e com ela o reconhecimento com menção honrosa para um trabalho orientado pela professora Cibele M. Russo, pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CEPID-CeMEAI).

A docente foi a responsável por orientar Francisco Rosa Dias de Miranda e Lucas Roberto de Oliveira Lopes, autores do trabalho “Classification models for Covid-19 mortality in the state of São Paulo”. Na pesquisa, foram analisados os dados de hospitalizações no estado de São Paulo divulgados pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). Os estudantes realizaram a comparação de diferentes algoritmos de classificação com o objetivo de modelar o risco de um paciente vir a óbito de acordo com a incidência de doenças preexistentes ou comorbidades. Os resultados obtidos no estudo podem auxiliar no dimensionamento e prevenção dos impactos da pandemia de Covid-19.

Segundo dados da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, a 30ª edição do SIICUSP teve 3.555 trabalhos inscritos para a primeira fase e 539 trabalhos indicados para a etapa internacional, dos quais 116 receberam menção honrosa, em todas as áreas de conhecimento. “Os trabalhos passaram por diversas fases de avaliação e seleção e, sem dúvida, é um orgulho que o trabalho seja reconhecido dentre os mais bem avaliados”, afirmou Cibele.

A pesquisa é resultado de estudos do grupo de extensão Predict, criado em 2020 a partir do interesse dos alunos do Bacharelado em Estatística e Ciência de Dados do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em análises de dados sobre a pandemia de Covid-19.

Para Francisco, o recebimento da menção honrosa é fruto do trabalho em grupo realizado ao longo de um período de dois anos. “É uma grande honra e responsabilidade obter o reconhecimento de nosso trabalho, resultado do empenho conjunto de todos os participantes ao longo dos dois anos de atuação do Predict. É um grande orgulho contribuir com a ampla frente de pesquisa que vem colocando a USP como uma das instituições que mais publica sobre o Covid-19 no mundo”, celebrou.

Os modelos e as análises indicaram que indivíduos que possuem as comorbidades registradas no banco de dados apresentam risco aumentado para ocorrência de óbito como consequência da infecção por covid-19. O mesmo acontece para indivíduos do sexo masculino, que têm maior risco de vir a óbito do que os do sexo feminino. Dentre as comorbidades, as que possuíam os maiores riscos relativos foram as puérperas ou pessoas com obesidade.

O projeto resultou em trabalhos de iniciação científica e projetos PUB e as análises foram também apresentadas no Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística (SINAPE) em Gramado, no Rio Grande do Sul, em agosto deste ano. “Foi um desafio, dadas as adversidades de várias naturezas do período da pandemia. Para mim, foi um privilégio orientar alunos de graduação tão dedicados, pró-ativos e competentes, com grande potencial para se destacarem também no futuro”, comemorou a orientadora.

Lucas também celebrou a conquista. “Fico extremamente feliz por receber menção honrosa pelo nosso trabalho, pois, dado o contexto em que estamos vivendo, foi muito importante contribuir com uma pesquisa que pudesse oferecer auxílio na prevenção e nos impactos que a Covid-19 vem causando na sociedade. Além disso, é muito bom ver que o trabalho feito com muita dedicação e esforço por todas pessoas do nosso grupo foi reconhecido”, afirmou.

A íntegra do trabalho ainda não foi divulgada, mas já é possível conferir o pôster apresentado no SIICUSP.

Sobre o SIICUSP

O Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SIICUSP) tem como objetivo divulgar os resultados dos projetos de iniciação científica e tecnológica realizados por alunos de graduação da USP, bem como de outras instituições nacionais e internacionais. Além disso, visa também contribuir para o desenvolvimento de competências necessárias à pesquisa acadêmica, promovendo a oportunidade de interação entre pesquisadores de todos os níveis e áreas, e fomentando a colaboração e a pesquisa multidisciplinar na Universidade.

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

Assessoria de Comunicação – CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: contatocemeai@icmc.usp.br

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Twitter
Pinterest
LinkedIn